• 18.03.2020
  • Dicas

O que são Fluxos Logísticos?

O que são Fluxos Logísticos?

Fonte: PortoGente

Os fluxos logísticos variam de acordo com o tamanho de cada organização, independente se a empresa é de pequeno, médio ou grande porte, existirá um fluxo em andamento, variando de acordo com o tamanho da empresa e sua demanda.
Aprenda tudo sobre fluxos logísticos e a sua importância para a gestão logística das organizações.

Fluxos Logísticos – O que é isso?

Fluxos Logísticos nada mais é do que o conjunto de processos fundamentais que as empresas aplicam com o objetivo de aperfeiçoar o processo, reduzir o tempo de produção, reduzir custo e ganhar competitividade. Mauro Roberto Schluter no livro “Estratégia Logística” da IESDE Brasil, afirma que o fluxo logístico é um sistema logístico, parte essencial da logística empresarial, afirmando que esse sistema “… é um conjunto de partes que age de forma coordenada e cada parte possui objetivo comum ao sistema”, logo podemos concluir que os fluxos são parte essencial da atividade e objetivo de todo gestor logístico, que vai gerenciar os fluxos presentes na empresa. Os fluxos podem ser divididos em:   
                    • Material:
                    • Financeiro:
                    • Informações:
                    • reverso.
José Meireles de Souza em seu livro “Logística Internacional e operações globais” deixa claro que no cenário econômico atual, as empresas buscam produzir em ambientes que oferecem vantagens e vender em locais que lhe tragam rentabilidade, ocasionando uma fragmentação da produção e comercialização, tornando as operações das empresas cada vez mais global. A cadeia de suprimentos das empresas está hoje dividida em vários países. A empresa adquire os insumos em um país, produz em outro e realizar a venda em um outro diferente. A boa gerência dos fluxos logísticos é aspecto crítico para obter competitividade empresarial, principalmente em operações globais.

Os fluxos logísticos variam de acordo com o tamanho da empresa
Os fluxos logísticos variam de acordo com o tamanho da empresa.

Portopédia:
*A importância da Logística Empresarial nos dias atuais e como ela é vista no mercado

Fluxo de Material

O fluxo de materiais trata do transporte de insumos e produtos, comprados ou vendidos. O enfoque do fluxo de materiais está justamente na chega ou saída de matérias numa produção e a forma que será transportado. A escolha do modal para a entrega de um pedido depende da quantidade, tipo de carga, distância, etc.

Dentre os fluxos logísticos, neste o tempo é requisito essencial. Cabe aqui fazer com que o produto chegue na hora certa e no prazo é o que determina o sucesso nesta etapa. Com a cadeia de suprimento cada vez mais globalizada importamos e exportamos grandes quantidades, tornando o modal marítimo o mais utilizado, uma vez que possui vantagens de flexibilidade quanto ao tipo de carga e frete competitivo.

O crescimento do comércio internacional trouxe desafios para o fluxo de materiais, uma vez que a distribuição nacional é diferente da distribuição internacional. Quando o produto é exportado o tempo de viagem, embalagem, validade, questões alfandegárias e etc entram na pauta.

Fluxo de Informações

Os fluxos logísticos ocorrem algumas vezes concomitantemente, o de informação é um deles. O fluxo de informações caminha juntamente com o de materiais. Este fluxo permeia toda a cadeia produtiva, ele trata da troca de informações antes, durante e após aquisição ou venda de produtos na organização.

Elo importante entre o fluxo financeiro e o de material, e ainda entre fornecedor e cliente. A funcionalidade da informação e seu gerenciamento permite uma integração entre toda a suply chain, facilitando o controle gerencial.

O fluxo de Material e Informação devem estar sempre em conjunto, garantindo transparência e melhor controle nas operações
O fluxo de Material e Informação devem estar sempre em conjunto, garantindo transparência e melhor controle nas operações

Hélio Merim
*Logística: otimizando fluxos de materiais, pessoas e informações

Informação vale ouro, e com o avanço da tecnologia, o investimento nela se tornou essencial para garantir melhor administração e confiabilidade nos processos. Um exemplo de fluxo de informação é a utilização de ferramentas que permitem manter o cliente informado sobre o seu pedido, possibilitando o rastreamento da carga durante o todo o seu percurso, permite maior previsibilidade e planejamento para o cliente, e controle ao fornecedor, garantindo eficiência no fluxo de materiais.

Fluxo Financeiro

Também conhecido como fluxo de dinheiro, este fluxo é resultado direto dos outros dois fluxos logísticos, ele trata da parcela de dinheiro/capital que foi transferida entre fornecedor e cliente.

No fluxo financeiro o dinheiro vem diretamente do cliente para a empresa. Ocorre a aquisição de um bem, seu transporte do local de fabricação/ponto de venda para o cliente, que através das informações, monitora a movimentação da sua aquisição e realiza o pagamento pelo produto adquirido, este é uma das pontas do fluxo de dinheiro. O bom funcionamento dele garante que todos os outros fluxos logísticos funcionem corretamente.

Um bom fluxo financeiro garante o funcionamento correto de outros fluxos
Um bom fluxo financeiro garante o funcionamento correto de outros fluxos

Portopédia
*O que é e como funciona a Gestão da Cadeia de Suprimentos

Sem dinheiro em caixa, uma organização não produz, não investe e consequentemente os outros fluxos logísticos são prejudicados. Portanto, não apenas a entrada de capital é importante na hora de gerenciar o financeiro, mas também os pagamentos realizados. Nesta etapa é preciso sincronia para manter despesas e receitas em equilíbrio, e a saúde do fluxo.

Quando tratamos de empresas com comércios globais, que importam seus insumos e exportam sua produção, o fluxo financeiro é ponto sensível, e conhecer de pagamentos internacionais é primordial para o gerente das operações.

Fluxo reverso

O fluxo reverso trata da inversão dos fluxos, ele é a logística reversa, ou seja, o retorno de materiais ou produto, após a sua venda ou consumo, ao centro produtivo. O objetivo da utilização da logística reversa é reciclar, reparar ou recuperar produtos com avarias. O fluxo reverso assim como na logística progressiva é composto pelos mesmos elementos utilizados, mas são poucas empresas que estão preparadas para atender ciclo revertido.

A logística de materiais poderá ser aplicada seja para a reutilização de produtos ou processos de reciclagem buscando reduzir custos. A preservação do meio ambiente é uma preocupação no fluxo reverso, portanto, ações como: reaproveitamento de embalagens e equipamentos está cada vez mais importante na área logística.

O fluxo reverso pode ser um problema na logística internacional
O fluxo reverso pode ser um problema na logística internacional

Dia a Dia
*Blockchain na logística reversa inteligente

Na logística internacional, dentre todos os fluxos logísticos, o reverso é o mais preocupante, na verdade, um problema. A dificuldade de conquistar mercados internacionais é uma tarefa difícil e que leva tempo, operar a logística reversa no comércio internacional é tarefa árdua, e envolverá estratégia de marketing muito definida, bom planejamento de movimentação de carga, bom conhecimento da legislação do país a qual se está operando.